a justificativa.

fevereiro 12, 2009

A justificativa surge daqui.

Caminhadas longas e repetitivas distraem qualquer atenção. Propiciam indiscutivelmente uma longa viagem traçada por palavras quando duas mentes trafegam na mesma paisagem, muda e monótona, que deixa de ser já que olhos pra lá não vêem mais, apenas passivos sustentam o mínimo para que qualquer tropeço não venha a atrapalhar. Cabulosos desenvolvimentos vindo de coisas tão banais do cotidiano iniciavam algo que irá se concluir posteriormente.

Devido às interrupções vindas de Campinas junto com um pouco de questionamento do que viria a ser a teoria da relatividade, nos perdemos (mesmo que por curiosidade, que de fato pode ser vaga já que desconheço o sujeito e questiono o interesse dele. Seria só mais uma venda?). Antes seguíamos por caminhos tortuosos, mesmo que interessantes, onde anarquismo e semana de 22 viam ser colocadas como forma de análise e entendimento para qual seria o melhor caminho em uma sociedade onde o desejo precisa ser sustentado materialmente, além de lidar com certas dificuldades humanas (merece um *).

Complexidade que vagueia, mas dessa vez despretensão não é o caso. Sentados ao sol escaldante, mas protegidos por uma grande barraca que custou incríveis quatro reais, discutíamos (devia ser a promoção do dia, junto com garrafas de água que custavam, também quatro… mas a ironia acaba quando tudo não passava de mal entendido). Dessa vez O livro estava em minhas mãos, que lidas as primeiras cinqüenta páginas já começo a entender o que talvez venha a ser pra mim Jack Kerouac.

“Me diz um comentário sobre a teoria da relatividade”. Mudo fiquei, tentando voltar ao velho fluxo.  Não só eu. Distraídos pelo mar, que avançava enlouquecendo lindas cangas indianas, mas ajudando grandes jogadores de frescobol que soltavam grandes sorrisos junto com seus óculos escuros, ele se perguntou pelos pequenos prazeres da vida.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: