sábado.

julho 27, 2009

O que seriam os sábados? O que seriam os sábados comparados com as terças? Os sábados são as terças dos que não entendem que despretensão é todo dia. O sábado é o clichê do dia do descanso; é o clichê da quebra da rotina. Fim de semana. Péssimo dia. Pra mim, todo dia é terça. Concordo que pode soar vago demais, pode soar muita vezes sem destino, como se não tivesse para onde ir, como se a falta de planos fosse demais, demasiadamente exagerado provocando nada. Mas, acredite, o que era pra acontecer já está acontecendo; e o que achas que pode faltar é desnecessário. Tudo já está definido. “Está tudo certo”. O resto? (- Ei! Vamos embora. – Pra onde?) Sei lá.

Me chamaram aqui para falar. Me chamaram aqui para acrescentar. Me chamaram aqui pra dizer que todos vocês são estelionáticos! Inclusive eu! (Eu sei disso seu mala presunçoso) Responde em sua defesa que é seguro, ou melhor, vista seu sapato que existem pedras no chão! Cuidado para não chorar, isso pode doer! Doer muito, não chore não. Aperte bem o cadarço. Seu fraco! Todos vocês são um bando de fracos! Fracos por quererem ser fortes. Ou fracos por se tornarem nulos.

Convidado também fui, mas não serei tão emotivo. Me resguardo, mas concordo. Talvez pudesse reescrever sendo mais sensato com o que passa em minha cabeça, mas deixo imutável o trecho acima como parte da parte. O equilíbrio assim segue. Amigo, volátil, freqüentador das noites sábado, sinceridade é o passo exato; necessário para estabilidade da solução vinda pela solução natural dos eventos. Beleza e calma são religiões que deves seguir, mas livro não há, só palavras.

Eu complemento sim. Muito diplomata o intelectualzinho. Mas bem citado: calma e beleza. Mas, complet..

Acho que já foi o suficiente, não precisaria do ensinamento básico de loucura e despretensão. Assim como raiva é reflexo do medo, loucura vem com despretensão. Então defini-se: despretensão como a origem de toda sinceridade, origem de tudo que é puro, vindo da alma como impulso involuntário e não induzido. Dê lugar ao silencio, e deixe-se mover. Não fale demais. Não coma demais. Não ande demais. Respire, sempre, bem fundo, lembre sempre disso. Do desenvolvimento, a conclusão de que só a introdução bastava. Está tudo certo, lembre sempre disso. O que era para acontecer, já está acontecendo. Respire. Respire. Respire, até os dedos adormecerem e você flutuar, e veja de cima, com calma toda a beleza.

Anúncios

One Response to “sábado.”

  1. alexandre colchete Says:

    Está tudo certo, lembre sempre disso. O que era para acontecer, já está acontecendo.

    Nunca ficou tão claro


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: